segunda-feira, 20 de outubro de 2008

VIDA E MORTE MIGUXINHA

Os links para os perfis no Orkut dos envolvidos no “seqüestro do ABC” estão desde a semana passada pipocando pela internet. O mais curioso certamente é o de Lindemberg, o vilão da história que além de carregar no nome uma grife de condomínios de luxo, agora também carrega um case de sucesso na disputada lista de crimes no Brasil. Não apenas por causa da fascinante ironia do fato dele estar na comunidade “CRAZY IN LOVE”, canção da Beyoncé que expressa tão bem a semana MILGRAULIZADA que ele passou.

O primo do rapaz assumiu o perfil, e vem conduzindo com grande dose de bizarrice a situação. Pra começar, fez um álbum só com fotos da Eloá, a menina que o titular do perfil veio a assassinar, com o título “SÓ A MORTE NOS SEPARA”. É algum tipo de romantismo pós-miguxo que simplesmente nos escapa.

Mas o auge mesmo ocorre quando você percebe que o garotão aproveita a visibilidade do perfil para fazer o MERCHÃ CAMPEÃO da lanchonete em que trabalha.

É o tipo de coisa que só poderia acontecer no Orkut. A Cauda é Monga, mas não é boba não.

O idiota provavelmente sabe que a relevância no google vai aumentar, já deve ter calculado o ROI, acessado o pagerank e adicionado tags inteligentes em algum lugar.

Então jogue no lixo todas suas participações nos eventos de internet badalados, porque mais uma vez a cauda monga conseguiu isso no melhor esquema “do it yourself”.

Nem o videozinho do Jhonny Rotten vendendo margarina inglesa pode ser tão punk quanto esta iniciativa do garoto.

Aproveitando o clamor popular por justiça, e aquela costumeira sede por sangue, o cara pensou: ora, até quem apedreja meu pobre priminho assassino sente fome. E entre um protesto imbecil e outro, talvez eles possam pedir um lanche ESPERTO no Disk Lanches do Wilmar.

Interessante notar que o Orkut está presente em cada fase do caso. O motivo dos ciúmes de Lindemberg foram scraps apaixonados que o novo namorado da menina deixava. O seqüestro teve uma cobertura pra lá de paralela em um verdadeiro livestreaming orkuteiro, com milhares de comunidades de apoio às meninas (e ao cara, também).

Usar o perfil de um assassino para angariar novos clientes para uma lanchonete. Essa revolução digital nenhum debate 2.0 previu.

Será que isso serve como motivo para o MP fechar o Orkut devez?

Essa questão deixamos para o MANO Tiago Dória, grande figura humana que lê e recomenda PNCH.

Esperamos agora alcançar alguns leitores da CDHU.

4 comentários:

Vinícius K-Max disse...

E pensar que abandonei o ecossistema orkutiano e já torci pra que ele fosse fechado o quanto antes.. mas agora entendo o potencial viral e humoristico dessa rede social ímpar.

Mais um belo trabalho investigativo e jornalístico do PNCH!

Cristiana Soares disse...

Só o título já valeria mil posts!

Sobre o post em si... caramba!

"Essa revolução digital nenhum debate 2.0 previu"

Fernando Galdino disse...

Propagando no Mc no jornal nacional não é a mesma coisa, interrogação

Liliane Ferrari disse...

Super post!

Orkut é default pra massa internética brasileira, q de lá não passa mesmo,infelizmente (pra quem é a favor da democratização da net) ou felizmente (pros mais elitistas)...

 
Free counter and web stats